MATERIAL DIDÁTICO

Uma das maiores críticas que podem ser feitas aos Programas de Educação à Distância em todo o mundo é o fato de ainda conviverem com uma referência excessiva ou absoluta nas atividades desenvolvidas nos cursos presenciais tradicionais e isto diz respeito desde os Projetos Pedagógicos, em geral pautados basicamente na realização de aulas presenciais; passando pelos materiais didáticos, que muitas vezes constituem-se apenas em textos postados na mídia eletrônica sem maiores preocupações com a adoção de uma linguagem ou código próprios à educação à distância; chegando à definição das cargas horárias de atividades previstas para alunos e professores e outros profissionais envolvidos, bem como à forma de remuneração destes profissionais.

Um Projeto Pedagógico está calcado, entre outras coisas, numa proposta didática de desenvolvimento do processo de aprendizagem (aqui entendido como um processo conjunto e colaborativo de construção do conhecimento) e também na organização estrutural deste processo. Neste sentido é importante que se estabeleçam alguns conceitos básicos utilizados no desenvolvimento do presente Modelo:

De um ponto de vista de organização didático-pedagógica, consideramos como ponto de partida no processo de construção do conhecimento proposto pelo ILTC-ONLINE, o que chamamos de Unidade Didática, entendendo como tal um conjunto articulado de informações e conhecimentos preexistentes sobre uma determinada área do conhecimento humano, expressa em um Texto Básico, com um tamanho estimado entre 10 e 15 páginas de conteúdo a ser estudada através do desenvolvimento de uma série de atividades didáticas.

Com relação aos Cursos Unitários que fazem parte da Programação de Atividades Educacionais do ILTC, consideramos que esta Unidade se desenvolve num período de 1 (uma) semana com a estruturação de uma série de atividades, equivalendo a um período mínimo de 10 horas para os estudantes.

Do ponto de vista da organização deste processo estas Unidades Didáticas podem ser aglutinadas em Unidades Temáticas ou Módulos, Disciplinas, Cursos ou que outras denominações possam vir a ser utilizadas pelo ILTC para caracterizar esta composição, dependendo ainda se são oferecidas de modo isolado ou agrupadas em diversas instâncias, sendo exigido, entretanto que sejam articuladas no mínimo a partir da junção de 2 (duas) destas Unidades Didáticas.

No caso de Cursos Compostos suas disciplinas são organizadas em 2 ou mais UDs ofertadas duas a duas de modo a evitar que os estudantes tenham que realizar simultaneamente um grande número de disciplinas, o que não apenas dispersaria os estudos como exigiria uma carga horária semanal de trabalho muito elevada, comprometendo a qualidade destes estudos.

Além disso é importante ressaltar que o material (Textos Básicos) é elaborado e formatado de modo adequado a seu uso à distância, tanto do ponto de vista de sua estrutura de construção quanto da utilização de uma linguagem ou código exigido para o desenvolvimento de estudos através desta metodologia (também descrita em detalhes em outro documento do ILTC-ONLINE).

Considerando ainda que o processo de aprendizagem exige que se definam claramente os objetivos e subobjetivos (caso existam), metas claras a serem atingidas, bem como a estratégia para seu alcance (envolvendo a metodologia de estudos, as atividades a serem desenvolvidas e até mesmo as ferramentas passíveis de serem utilizadas), tais Textos são ser estruturados em itens ou subitens, tópicos ou subtópicos ou ainda em aulas ou lições, ou que denominações se considerem mais adequadas em cada situação.